Seja bem vindo(a)

Todos serão bem vindos ao meu blog, participe, de sua opinião, critique se necessário, faça parte desta história.
.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Atividades desenvolvidas que ilustram práticas pedagógicas.

Uma atividade que considero bem produtiva e que comecei a pouco tempo foi a criação do email com um aluno com DI. Este e-mail possibilitou a sua interação com demais crianças, colegas de sala de aula que também possuem e-mail, propiciando trocas de experiência, divulgação dos trabalhos realizados e valorização das capacidades de cada aluno. Outra atividade realizada e que eu considero como inclusiva, foi uma reunião entre uma professora, eu e uma aluna, pois a professora tinha problemas com a aluna, negando sua deficiência. Na conversa fui à mediadora, e dei um tempo para a aluna falar, outro para a professora e expus meu ponto de vista a respeito do assunto. Ambas estão tentando melhorar a aceitação uma da outra e a aprendizagem da aluna melhorou e a professora tornou-se mais tolerante com a deficiência da menina.
Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

Um pouquinho de história da Escola em que leciono.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

MARISTELA DE SOUZA

E. M. E. F. "MARCOS EMÍLIO VERBINNEN"
http://atelievioletapolo.blogspot.com/2010/12/alunos-da-emef-marcos-emilio-verbinnen.html

Alunos da EMEF Marcos Emílio Verbinnen retornam para executar suas pinturas durante as férias e não desanimam com a chuva!

A realização do projeto "Minha Escola colorida" na EMEF Marcos Emílio Verbinnen chegou a ser interrompido durante três semanas; foi uma agonia para mim e todos os que participaram do projeto. No dia de executar os projetos de pintura, descobrimos que o muro recém pintado para aplicação das pinturas estava soltando tinta apenas de encostar a fita crepe. Os desenhos recém ampliados para a escala real em papel craft foram recolhidos e arquivados e os alunos, decepcionados, retornaram para suas casas.
Após três semanas, com o muro tratado e repintado, uma boa parte dos alunos já de férias retornou à escola para pintar os murais. Na ausência de muitos colegas, aqueles que estavam presentes cooperaram entre si, com o objetivo de pintar o maior número possível dos projetos realizados nas oficinas anteriormente.

O tema que foi escolhido nessa escola se resumiu às atividades que os alunos costumeiramente desenvolvem durante o ano letivo, incluindo datas comemorativas, laboratórios e outros eventos. Ao longo do muro estes estudantes representaram a ciência, a informática, os livros e a biblioteca (dois projetos distintos), a festa junina, as máscaras (do carnaval, do teatro, do tema africanidade, e tantas outras comemorações), a música e, também, pintaram um que faz referência às outras culturas às quais eles têm acesso, como o "sexta-feira-treze" e "dia das bruxas" por exemplo.


A pintura foi iniciada na sexta-feira às 13h, após um encerramento de ano que tiveram na escola com show de talentos. Sobre ameaça de forte chuva interrompi a atividade por volta das 16h30 e marcamos a continuação no dia seguinte. Para minha preocupação logo pela manhã o sábado já estava nublado, porém, estavam todos lá, pontualmente às 8h. Sob garoa fina trabalhamos até meio dia e depois retornamos às 13h. Durante a tarde a chuva encorpou mas os alunos se recusaram a interromper novamente a atividade, permanecendo na escola até às 17hs.

Entre as brincadeiras envolvendo tinta, o que é muito natural, os alunos demonstraram uma boa preocupação quanto ao acabamento dos murais e o resultado foi um trabalho de ótima qualidade. Eles se mostraram muito responsáveis, ajudavam sempre a recolher os materiais e deixavam tudo limpinho, o que é admirável!

A realização deste tipo de projeto tem um lado muito interessante, que é reunir pessoas que convivem por anos no mesmo espaço e não se conhecem. Este é um momento no qual os alunos encontram seus pares e descobrem que em seu colégio há pessoas com as afinidades comuns.

Fiquei muito feliz com um caso em particular que ocorreu nesse colégio logo no primeiro dia da oficina. Foi o caso de um estudante que queria trabalhar só, justificando que ele mesmo deveria ter algum problema porque nunca conseguia trabalhar em grupo, pois sofria com deboches. Recusei o pedido e o inseri em um grupo de adolescentes da mesma faixa etária onde eles se desconheciam. No final da atividade este estudante me procurou animadíssimo para dizer que pela primeira vez na vida, havia se integrado a um grupo e que todos aderiram a suas ideias. Fiquei feliz por ele encontrar um grupo no qual não foi discriminado. 
Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

                                                         


                                                        INICIO DE UM NOVO CURSO:
                                                          TECNOLOGIAS ASSISTIVAS
Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

domingo, 2 de outubro de 2011

Pranchas para AEE

Site com ferramentas para criar PECS.São pranchas de comunicação. Espero que possam aproveitar bastante.
 http://pecsemportugues.blogspot.com/
 http://www.universoautista.com.br/autismo/modules/shop/product_info.php?products_id=106
 http://tecnoacesso.blogspot.com/2010/10/slides-sobre-tecnologia-assistiva.html
 http://www.autistas.org/pecs.htm
 http://www.pecsproducts.com/
 http://www.universoautista.com.br/autismo/modules/works/item.php?id=14
 http://www.cbnmanaus.com.br/diariodeumautista/?p=709
http://www.catedu.es/arasaac
http://tiadacreche.blogspot.com/2011/07/sistema-pecs-em-portugues-para.html http://www.assistiva.com.br/index.html
http://www.catedu.es/arasaac
http://www2.portalassistiva.com.br:8888/pranchas/atividades.php https://sites.google.com/site/tecnologiaassistivaufrj/material-do-curso-de-formacao
http://www.profala.com/artpc5.htm
http://caminhosdoautismo.blogspot.com/2010/06/especial-pecs-sistema-de-comunicacao.html http://ticjaluunebmat.blogspot.com/2011/06/tecnologia-assistiva-para-limitacao-na.html
http://descobreaterapiadafala.blogspot.com/2010/03/pecs.html http://featsonevada.squarespace.com/journal/2010/9/23/what-is-pecs.html
http://www.universoautista.com.br/autismo/modules/works/item.php?id=14 http://tiadacreche.blogspot.com/2011/07/sistema-pecs-em-portugues-para.html
http://pecsemportugues.blogspot.com/2007_09_01_archive.html http://comunicacaoaa.wordpress.com/pecs-sistema-de-comunicacao-por-troca-de-imagens/
http://www.keefamily.org/pecs/pecs.htm http://www.manualdacrianca.net/estrategias/2009/06/04/comunicacao-no-autismo-pecs/
http://karlawanessa.blogspot.com/2011/09/pecs.html http://thetoybug.blogspot.com/2010/09/pecs-free-symbols.html

Prof&cia

http://volneids.blogspot.com/2011/08/experienciacoes.html

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Estrela do Mar: Numeros romanos - atividades

Estrela do Mar: Numeros romanos - atividades

Jaraguá do Sul - Te adoro!!!!

Distância de Florianópolis - 182 km Distância de Curitiba - 150 km Distância de Porto Alegre - 680 km Distância de São Paulo - 580 km Aeroporto de Navegantes- 170 km Aeroporto de Florianópolis - 215 km Aeroporto de Joinville - 60 km Principais Atrativos Turísticos - Morro Boa Vista e Parque Malwee. Situada no Vale do Itapocu, Norte de Santa Catarina, a cidade de Jaraguá do Sul é cercada de montanhas da cadeia da Serra do Mar e cortada por três rios de médio porte e seus afluentes. Essa exuberância natural está fazendo com que o ecoturismo seja uma das promessas da cidade. A maior prova são os praticantes de Vôo Livre, que constantemente visitam a cidade em busca da rampa no Morro Boa Vista. Jaraguá do Sul é sede de importantes indústrias do ramo metalmecânico e de grandes nomes dos ramos têxtil e alimentício do Brasil. O escoamento da produção é facilitado pela proximidade com os portos de São Francisco do Sul e Itajaí. Atualmente a cidade detém o título de Terceira Economia do Estado de Santa Catarina, resultado do trabalho de um povo sério e empreendedor. Uma das principais características da população jaraguaense é a semelhança física aos europeus, herança dos colonizadores. Embora a maioria seja descendente de germânicos, os povos italianos e húngaros também tiveram grande influência na formação de Jaraguá do Sul. Além das características físicas, o contato com a cultura européia se faz através das festas populares, danças e gastronomia. http://www.guiasantacatarina.com.br/jaraguadosul/

Numeros romanos - atividades

http://www.imagem.eti.br/atividades_educativas/numeros_romanos_1.html
http://www.a77.com.br/atividade_escolar/ http://www.escolakids.com/numeros-romanos.htm
http://www.atividadeseducativas.com.br/index.php?id=2919

terça-feira, 6 de julho de 2010

Avaliação

O surgimento das novas tecnologias da informação e da comunicação deram um novo impulso à educação a distância, fazendo aparecer, através da Internet, formas alternativas de geração e de disseminação do conhecimento. Sendo assim a ligação aluno-professor um ponto-chave em um sistema de ensino a distância. O tutor é aquele que imprime a direção que leva à apropriação do conhecimento que se dá na interação. Interação entre aluno/aluno e aluno/professor, valorizando-se o trabalho de parceria cognitiva;....elaborando-se situações pedagógicas onde as diversas linguagens estejam presentes. Neste sentido as nossas tutoras estavam perfeitas, conseguiram dar-nos esta segurança para trabalharmos sozinhos e quando necessário nos “socorriam”. O que faltou no curso foi maior empenho dos cursistas, pois a maioria deixava as atividades para a ultima hora, quando ficava tudo atropelado. Outra foi a falta de coerência em seguir a “resposta” anterior, pois cada um “depositava o que achava e não dava sequência ao discurso presente na lista de discussão. Gostei muito do curso, e com certeza meus alunos também amaram. Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br INICIO DE UM NOVO CURSO: TECNOLOGIAS ASSISTIVAS Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Alunos executando os trabalhos

Todo o plano de aula foi baseado no projeto de leitura sobre o autor Rubem Alves. Os alunos ouviram as histórias contada pela professora, em seguida reuniram-se para elaborarem um esboço de seu trabalho que já havíamos definido em aula anterior. Após o esboço pronto e corrigido, eles foram ao ATE e em grupo executaram o trabalho. Foi mais uma aula interessante, e que todos participaram e se auxiliaram. O trabalho final ficou muito bom e será apresentado no dia do encerramento do projeto de leitura da escola.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Video elaborado pelos alunos

Este vídeo foi elaborado a partir da história contada A menina e o pássaro encantado.

terça-feira, 25 de maio de 2010

A menina e o pássaro encantado

Alguns alunos trabalharam na elaboração e digitação da síntese do texto. Esta aqui é A menina e o Pássaro encantado.

HQ

Um grupo de alunos trabalhou com o HQ, e recontaram a história em forma de diálogo. Aqui vai uma parte da história que eu fiz uma captura de tela e estou enviando para vocês verem

Impress

Os alunos trabalharam também com o Impress, mas este eu não sei como colocar aqui no blog, ainda.

Slide Show- A menina e o Passaro encantado

Após o trabalho em Grupo para descidir o que colocar no slide Show, esta e a produção de um dos grupos

A partir deste texto de Rubem Alves, começo a colocar os trabalhos dos alunos

Para o adulto que for ler esta história para uma criança: Esta é uma história sobre a separação: quando duas pessoas que se amam têm de dizer adeus… Depois do adeus, fica aquele vazio imenso: a saudade. Tudo se enche com a presença de uma ausência. Ah! Como seria bom se não houvesse despedidas… Alguns chegam a pensar em trancar em gaiolas aqueles a quem amam. Para que sejam deles, para sempre… Para que não haja mais partidas… Poucos sabem, entretanto, que é a saudade que torna encantadas as pessoas. A saudade faz crescer o desejo. E quando o desejo cresce, preparam-se os abraços. Esta história, eu não a inventei. Fiquei triste, vendo a tristeza de uma criança que chorava uma despedida… E a história simplesmente apareceu dentro de mim, quase pronta. Para quê uma história? Quem não compreende pensa que é para divertir. Mas não é isso. É que elas têm o poder de transfigurar o quotidiano. Elas chamam as angústias pelos seus nomes e dizem o medo em canções. Com isto, angústias e medos ficam mais mansos. Claro que são para crianças. Especialmente aquelas que moram dentro de nós, e têm medo da solidão… As mais belas histórias de Rubem Alves Lisboa, Edições Asa, 2003

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Cumprindo parte do plano de aula

PROJETO DE LEITURA
AUTOR DO MÊS DE MAIO: RUBEM ALVES
Iniciamos, 4º e 5º anos, nossos trabalhos falando sobre o tema Projeto de leitura e discutindo quais livros, do autor Rubem Alves, iremos trabalhar. Para podermos decidir lemos a sinopse de alguns livros infantis disponíveis na escola.
Optamos pelos livros “A menina e o pássaro encantado” e “A voltada do pássaro encantado”, ambos os livros falam de amor e separação, não exatamente separação de casal, mas a separação das pessoas que amamos e que se vão para longe e demoram a voltar.
O segundo passo foi dividir os alunos em pequenos grupos, onde cada um trabalhará um dos aplicativos: Impress, Slide Show, HQ e Editor de textos. Todos estes aplicativos já foram trabalhados anteriormente com os alunos, em menor escala, mas é do conhecimento de todos.
Em seguida a professora leu para os alunos as histórias escolhidas e a partir das histórias lidas cada grupo se encarregará de fazer suas atividades: Recontar a história (Editor de texto), Contar a história usando as gravuras do livro (Impress), Contar a história e colocar gravuras que lembrem a história (Slide show), usar somente os diálogos da história (HQ).
Na semana que se segue assistiremos aos slides com entrevista de Rubem Alves e o Slide com a história “A menina e o Pássaro encantado” e em seguida iniciaremos os trabalhos propriamente ditos em grupos.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Ultimos passos

Estamos na reta final do curso. Está tudo encaminhado, só falta a prática do plano. Mas foi um curso muito bom, e com certeza eu recomendo para todos que querem aprender algo de novo de verdade.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Estes vídeos servirão como base de pesquisa para os alunos, pois assim facilitará a pesquisa.

Coleta seletiva

É um sistema de recolhimento de materiais recicláveis, tais como papéis, plásticos, vidros, metais e orgânicos, previamente separados na fonte geradora. Estes materiais são vendidos às indústrias recicladoras ou aos sucateiros. As quatro principais modalidades de coleta seletiva são: domiciliar, em postos de entrega voluntária, em postos de troca e por catadores. A coleta seletiva domiciliar assemelha-se ao procedimento clássico de coleta normal de lixo. Porém, os veículos coletores percorrem as residências em dias e horários específicos que não coincidam com a coleta normal. A coleta em PEV - Postos de Entrega Voluntária ou em LEV - Locais de Entrega Voluntária utiliza normalmente contêineres ou pequenos depósitos, colocados em pontos fixos, onde o cidadão, espontaneamente, deposita os recicláveis. A modalidade de coleta seletiva em postos de troca se baseia na troca do material entregue por algum bem ou benefício. O sucesso da coleta seletiva está diretamente associado aos investimentos feitos para sensibilização e conscientização da população. Normalmente, quanto maior a participação voluntária em programas de coleta seletiva, menor é seu custo de administração. Não se pode esquecer também a existência do mercado para os recicláveis.
Reciclagem é um conjunto de técnicas que tem por finalidade aproveitar os detritos e reutiliza-los no ciclo de produção de que saíram. E o resultado de uma série de atividades, pela qual materiais que se tornariam lixo, ou estão no lixo, são desviados, coletados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufatura de novos produtos. Reciclagem é um termo originalmente utilizado para indicar o reaproveitamento (ou a reutilização) de um polímero no mesmo processo em que, por alguma razão foi rejeitado. Reciclar outro termo usado, é na verdade fazer a reciclagem. O retorno da matéria-prima ao ciclo de produção é denominado reciclagem, embora o termo já venha sendo utilizado popularmente para designar o conjunto de operações envolvidas. O vocábulo surgiu na década de 1970, quando as preocupações ambientais passaram a ser tratadas com maior rigor, especialmente após o primeiro choque do petróleo, quando reciclar ganhou importância estratégica. As indústrias recicladoras são também chamadas secundárias, por processarem matéria-prima de recuperação. Na maior parte dos processos, o produto reciclado é completamente diferente do produto inicial.
Vídeo relacionado ao trabalho que será realizado pelo 5º ano

Semana complicada

Estas duas ultimas semanas tem sido muitíssimo complicado, é muita coisa ao mesmo tempo: dia das mães, entrega de boletins, problemas particulares, uma infinidade de coisa que parece que vou ficar louca, mal consigo fazer as atividades. Eu estou feliz com o curso, mas muito cansada e para ajudar estou sem criatividade para "bolar" um plano de aula decente, rsrsrs, minha mente está se recusando a pensar. Acho que preciso de férias, kkkkkkkkkkkkk. Boa semana a todos.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Esta semana teremos novo encontro no cursos. Espero que este encontro seja tão bom quanto foi o ultimo e que possamos aprender coisas novas como no outro.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Comecei bem a semana...

Eu comecei bem a semana, fiz meu "vídeo". Mas não sem antes ter perdido a metade do que já havia feito. Depois salvar e ver que tinha uma montoeira de coisas para arrumar e quando estava quase desistindo..... EU CONSEGUI!!!! Gente foi um parto, mas finalmente saiu o dito cujo video. Agora vou fazer muitos outros por que achei o caminho da roça e adorei.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Mais uma semana de curso..

Esta semana está bem light, e o trabalho: construir um vídeo é o máximo. Vou demorar um pouquinho para faze-lo, mas com certeza vou amar.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Gente esta semana está dificil de acompanhar o ritmo, muita coisa para fazer, parace que estou atropelando tudo, mas felizmente consegui cumprir as tarefas do curso, rsrsrsrs, ao menos isso, né?

segunda-feira, 22 de março de 2010

Eu e minha familia

Slides

Penso que é bastante complicado trabalhar os slides com alunos menores e em grande grupo, pois eles não gravam os caminhos, vc precisa ir passo a passo com eles, o que é por demais demorado. Mas vamos ao que interessa... Este tema é um dos conteúdos básicos da disciplina de artes. O assunto tem como principal objetivo divulgar a arte e a cultura catarinense, mostrando não só os grandes nomes de pintores catarinenses, mas o orgulho e satisfação que temos de conhecer estes talentos.

Criado pelo aluno William Follmann Barboza

Criado pelo aluno Alisson Binder 5º ano

sábado, 20 de março de 2010

segunda semana de curso

Neste semana iniciei o curso as avessas, rsrsrsrs,não pude ir ao encontro do dia 17 e ai fiquei preocupada achando que não daria conta do recado, mas ao ver a agenda descobri que quase tudo o que tem lá eu sei fazer, fique com duvidas só na primeira tarefa, mas aCélia já me socorrei,ai bl. To numa boa de novo.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Curso

O curso de tecnologias até agora está fácil e compreensível, talvez seja por que gosto demais deste tipo de atividade. Espero que continue assim.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Com a chegada da Internet defrontamos-nos com novas possibilidades, desafios e incertezas no processo de ensino-aprendizagem. Como aprender com tecnologias que vão se tornando cada vez mais sofisticadas, mais desafiadoras? Ensinar é gerenciar a seleção e organização da informação para transformá-la em conhecimento e sabedoria, em um contexto rico de comunicação. Não podemos ver a Internet como solução mágica para modificar profundamente a relação pedagógica, mas ela pode facilitar como nunca antes, a pesquisa individual e grupal, o intercâmbio de professores com professores, de alunos com alunos, de professores com alunos. A Internet propicia a troca de experiências, de dúvidas, de materiais, as trocas pessoais, tanto de quem está perto como longe geograficamente. A Internet pode ajudar o professor a preparar melhor a sua aula, a ampliar as formas de lecionar, a modificar o processo de avaliação e de comunicação com o aluno e com os seus colegas.